Home arrow Poesia de Cordel arrow A morte

A morte

PDF Imprimir E-mail

Toda morte é um buraco

Onde não se vê o fundo

Cavado por Deus no mundo

Pra que o homem forte ou fraco

Largue a viola no saco

Desapegado de ego

Partindo num vôo cego

De total desconstrução

Vazado de solidão

Feito ripa pelo prego

 
< Anterior   Próximo >

Powered by NIBA